halloween
Halloween no Brasil
31 de outubro de 2017
Capa
#PontoCego – Psicose
1 de novembro de 2017
Exibir tudo
reformation_sunday-title-3-still-017
Foto: ADIBERJ

31 de outubro, dia da Reforma Protestante e de um legado de 500 anos

Volto ao passado, tanto na história quanto na minha vida. Quem me apresentou a Reforma Protestante foi meu avô, quando eu ainda era pequena e o via pregar nas igrejas presbiterianas que ele pastoreava. Cresci com ele me ensinando o evangelho e consequentemente, a história que compõe essa trajetória em busca dos verdadeiros princípios bíblicos.

Conheci Lutero, o precursor da Reforma. O inconformado monge de Erfurt e professor da Universidade de Wittenberg, que foi contra os abusos da igreja medieval e responsável pelas famosas 95 teses que deram início ao dia comemorado hoje.

Descobri que logo depois, quando a igreja católica se opôs a Lutero, líderes Luteranos protestaram apoiando a reforma: o protestantismo surgia.

A partir de Lutero, conheci Calvino, o Francês Teólogo que foi para Genebra, levou o protestantismo e fundou as igrejas reformadas e presbiterianas. John Knox, discípulo de Calvino, foi outro nome responsável por compor essa mudança. Criou o “presbiterianismo” e separou a igreja do Estado.

Meu avô me mostrou todos esses personagens e eu pude conhecer o viés daquilo que eu vivo. Quando adquiri a maturidade, percebi que essa mudança não tratava de pessoas e nem de rebeldia, mas da importância de viver segundo as escrituras, que foram esquecidas por vaidade humana.

Resolvi fazer parte desse percurso e hoje, protestante, presbiteriana, calvinista e sobretudo, serva de Cristo, comemoro o dia da Reforma Protestante, certa de que esses 500 anos contribuíram para a propagação da salvação pela fé, mostrando claramente que Deus é o Senhor da História.

Para todos que fazem parte disso: Sola Fide (Somente a Fé), Sola Gratia (Somente a Graça), Solus Christus (Somente Cristo), Sola Scriptura (Somente as Escrituras), Soli Deo Gloria (Somente a Deus a Glória).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *