Rock-in-Rio-2017
Rock in Rio: A história
15 de setembro de 2017
CAPA
Ponto Cego: Jumanji
17 de setembro de 2017
Exibir tudo
Game-XP
Foto: reprodução

Selecionamos artistas que irão tocar nos 7 dias de festival que você precisa conhecer

 

Pra tirar o foco das grandes estrelas que se apresentam no Palco Mundo, a listinha abaixo contém artistas novos, brasileiros e internacionais, que estarão presentes no Palco Sunset e Eletronica. Confira!

 

Palco Sunset

 

Boogarins

A banda goiana ganhou destaque em festivais europeus e na América Norte assim que lançaram seu estilo rock psicodélico ao mundo. Composta por Fernando Almeida, Benke Ferraz, Hans Castro e Raphael Vaz, em 2012, com pouco tempo de estrada, foram indicados ao Grammy de 2016. Apresentaram-se no primeiro dia do festival.

 

Sg Lewis

Com apenas 22 anos, o inglês já é cantor, compositor, produtor e Dj. Seu trabalho é inspirado nos artistas Bon Iver e James Blake, além de elementos da cultura negra como o jazz, hip hop e blues. Trouxe instrumentistas para tocarem ao vivo m sua apresentação no primeiro dia.

HMB  & Virgul & Carlão

Em um grande encontro, o palco Sunset juntará os portugueses da banda HBM que tem uma pegada soul e groove com os dois rappers, ex-integrantes de bandas famosas em Portugal, Virgul e Carlão. A atração totalmente portuguesa se apresentará no dia 17.

 

Tyler Bryant & The Sakedown

Estrearam em 2013 com o álbum “Wild Child” em Nashville, famosa pelo country norte-americano, inovando no estilo clássico da cidade e trazendo blues com rock alternativo como uma alternativa, e acertaram. Chamaram a atenção de diversas revistas e bandas já conceituadas que se interessaram pelo trabalho deles e você pode conferir o talento da banda na apresentação do dia 21.

 

Ego Kill Talent

Com os ex-integrantes das bandas Sepultura e Reação em Cadeia em sua formação, a banda que se formou recentemente, sobe ao palco no último dia do festival. Com o seu som rock pesado que se aproxima também do heavy metal, traz além disso uma sonoridade moderna ao estilo da banda. Contam com o apoio de Dinho Ouro Preto e Andreas Kisser para esse começo.

 

Palco Eletrônica

 

The Black Madonna

Uma das DJ’s mais procuradas, Marea Stamper, traz mixs de disco, techno e house para seu som. Além de vários sucessos como “A Jealous Heart Never Rests” e “He is the voice I hear”, Marea ainda luta intensamente por mais representatividade feminina na música eletrônica. A apresentação aconteceu no dia 15.

 

ZZ’S (Zeh pretim & Zedoroque)

No dia 16, a festa ZZ’s  que juntou o pop e underground do Zeh Pretim com a mistura black music e ritmos latinos do DJ Zédoroque, vão subir ao palco e mostrar toda a sua diversidade e talento.

 

Andhim

Em apenas 7 anos da dupla, Simon Haehnel e Tobias Müller já lançaram 24 discos com uma sonoridade influenciada por jazz e rock batizada por eles mesmo como Super House. Os alemães se apresentam no dia 17 e vão mostrar toda sua criatividade no palco Eletrônica.

 

Mumbaata

Além do som da dupla carioca ser Tecnho-house e psicodélico,  utilizam em suas apresentações instrumentos de percussão e bateria eletrônica, criando um som único e criativo. Não é por menos que se tornaram um dos mais respeitados no EDM por suas músicas dançantes e influenciadas pelo afro-beat. Irão se apresentar no penúltimo dia do festival, fique atento.

 

Zerb

O prodígio de 19 anos que tem muito talento pra esbanjar, começou sua carreira aos 17 e tem como parceiro o conhecido Vintage Culture  e promete encantar o público no último dia de show. Zerb lançou o remix de “Zhu – Faded”, um dos maiores sucessos do ano e sonha ser reconhecido mundialmente.

Juliana Caveiro
Juliana Caveiro
17 anos, São Paulo, SP. Vivendo na época errada e me apaixonando cada vez mais por esse mundão através do jornalismo. Acredito sempre no melhor das pessoas e o bem que elas podem fazer. No meio da correria, me prendo nas simplicidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *