Em meio a crise política, começam as campanhas eleitorais

solo-travel-tumblr-girl
O amor é movimento
16 de agosto de 2016
esquadrao suicida imagem
Esquadrão Suicida: inovador ou clichê?
16 de agosto de 2016
Exibir tudo
campanha eleitoral

Novas campanhas eleitorais começam nesta terça-feira e são acompanhadas de mudanças como a proibição de doação empresarial

O prazo para o registro das candidaturas foi encerrado ontem (15) e os candidatos a prefeito, vice-prefeito e vereador, nos 5.568 municípios brasileiros, darão início a campanha nesta terça-feira (16). A campanha será a mais curta dos últimos anos, 45 dias, em vez de 90.

O primeiro turno está marcado para o dia 2 de outubro, e os candidatos terão, a partir de hoje, 45 dias para realizar comícios, distribuir material gráfico e organizar passeatas e carreatas.

Ao longo dos últimos dois anos, mudanças na lei eleitoral foram aprovadas pelo Congresso Nacional e sancionadas pelo governo. Durante as comissões no Congresso, tanto deputados quanto senadores defenderam encurtar o período das campanhas, alegando que essas se tornarão mais baratas.

Outra mudança aprovada pelo Congresso, que entra em vigor nessas eleições, está relacionada ao tempo de propaganda gratuita na TV e no rádio, que cairão de 45 dias para 35.

Esta será também a primeira eleição em que as empresas estarão proibidas de fazer doações para os candidatos a prefeito e vereador. As campanhas só poderão contar com o financiamento de pessoas físicas. Além disso, os candidatos terão de obedecer a um limite de gastos. Partidos como PMDB, PT, PSDB, PP e PR – os cinco com maior número de parlamentares no Congresso Nacional – decidiram priorizar o uso de redes sociais para incentivar doações de militantes na disputa municipal.

Não se pode esquecer que durante toda a campanha, a população pode pesquisar sobre cada candidato no site do partido ou em outros meios, assim o voto será consciente. Estamos vivendo em uma crise política e o poder está em nossas mãos para melhorar o futuro do país.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *