Vídeo feito por uma fundação emociona com sua campanha

taça
No Nordeste, a inspiração para o Brasil
1 de junho de 2017
foto-ju
Grávida aos 16: a linha tênue entre o desespero e o amor
2 de junho de 2017
Exibir tudo
autismo4
Foto: Reprodução.

A emoção ao mostrar a reação dos pais quando seus filhos nascem e descobrem que a criança tem alguma doença rara é a questão que a fundação quer mostrar.

A produção feita pela agência Crepes&Texas e criada juntamente com a Fundación Mehuer, ambas espanholas, mostram para todos os pais como é receber a notícia de que seu bebê tem alguma doença que não é tão conhecida por especialistas, mas que isso de forma alguma é o fim do mundo, apenas um outro caminho.

No vídeo, a tão esperada chegada de um novo membro na família faz uma analogia com a ida à praia. Todos aguardam ansiosos para essa viagem, arrumam suas malas e preparam-se para viver dias maravilhosos, mas para os pais de crianças com doenças raras, a trajetória não se torna tão fácil assim e eles percebem que estão indo, na verdade, à montanha.

Muitos dos pais chegam a pensar “por que eu?” e a ideia da fundação é justamente expor a situação e demonstrar seu apoio, pois, apesar de ser um caminho mais conturbado do que estavam esperando, a montanha continua sendo um belo lugar a ser visitado, tanto quanto a praia.

A página do Facebook TEAmo legendou o vídeo para o português e postou na rede social em apoio às pesquisas das doenças.

“Se a vida muda de rumo, conhecerás outros lugares que também podem ser maravilhosos”. A mensagem final se direciona para todos que tem um filho ou pretendem ter, para que se conscientizem das dificuldades que possam encontrar.

Juliana Caveiro
Juliana Caveiro
17 anos, São Paulo, SP. Vivendo na época errada e me apaixonando cada vez mais por esse mundão através do jornalismo. Acredito sempre no melhor das pessoas e o bem que elas podem fazer. No meio da correria, me prendo nas simplicidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *