“Noitão” e as impressões de “Mãe!” de Darren Aronofsky

LAS VEGAS, NV - May 8: Atmosphere pictured at Rock In Rio in Las Vegas, NV on May 8, 2015. © Erik Kabik Photography/ Retna Ltd.
Rock in Rio: As apresentações mais icônicas da história do festival
18 de setembro de 2017
cdcadf48
Rock in Rio: Histórias inusitadas no festival
21 de setembro de 2017
Exibir tudo
031800_mother-Jennifer-Lawrence

Foto Reprodução: Carta Capital

Confira um pouco sobre o que rolou no “Noitão” no Caixa Belas Artes e a impressão de um de nós sobre “Mãe!”, o novo filme de Darren Aronofsky

Na sexta feira, 15 de setembro, aconteceu mais uma edição do “Noitão” no Caixa Belas Artes com a pré-estreia exclusiva de “Mãe!” do diretor Darren Aronofsky. O “Noitão” é uma das programações favoritas do Caixa Belas Artes, pois atrai aqueles que querem fugir das convencionais madrugadas paulistanas com muitas produções cinematográficas de qualidade. Basicamente, são exibidos três filmes durante toda a madrugada, sendo um desses surpresa. Ao final da maratona são sorteados alguns prêmios e os sobreviventes da noite recebem um café da manhã.

Os filmes participantes da maratona de sexta feira foram “Mãe!”, “Réquiem para um sonho” e ao final da noite, o famoso filme de Darren, “Cisne Negro”. Pode-se dizer que os dois primeiros filmes exibidos impactaram tanto as pessoas ali presentes, que quando Cisne Negro começou, todos ficaram mais aliviados. Sendo que história desse também não é considerada uma das mais leves.

Darren Aronofsky prometeu abalar os espectadores com seu novo filme “Mother!” e foi exatamente o que ele fez. A simples sinopse de que o longa gira em torno da vida de um casal que é pego de surpresa por visitantes que começam a tirar a tranquilidade da família, não revela nem a metade do que está por vir.

Sem dar spoilers, posso dizer que o filme é inovador em diversos aspectos. De fato, é um daqueles filmes que ao assistir você fica se perguntando como alguém conseguiu pensar em todas aquelas coisas. A história consegue tirar qualquer um de sua zona de conforto, pois quando você acha que está começando a entender e a prever o desfecho do filme, algo inesperado acontece e te deixa de boca aberta.

As críticas também aclamaram a atuação de Jenifer Lawrence que conseguiu dar à sua personagem uma nova cara e uma versatilidade nunca vista antes em outras de suas atuações. Já Javier Bardem, através de sua atuação dá  ainda mais vida à protagonista e auxilia para que a história seja grandiosa e surpreendente.

As diversas sensações que o filme desperta são difíceis de mensurar, por isso, vale a pena embarcar nessa experiência cinematográfica. Gostando ou não, você é obrigado a concordar que a produção não tem nada de convencional e através das mais variadas alegorias e símbolos presentes no longa, ainda há muitas coisas para serem descobertas envolvendo a história e o que ela representa. O filme será lançado no circuito nacional dia 21 de setembro pela Paramount Pictures.

Confira o trailer:

Beatriz Borges
Beatriz Borges
20 anos, São Paulo, SP. Sou apaixonada por tudo que é capaz de me tirar da superficialidade e me fazer viajar mais profundamente naquilo que a vida e as pessoas têm a oferecer. Literatura, música, cinema e gastronomia são ótimos exemplos dessa viagem cotidiana. O que me fez escolher jornalismo é a vontade de dar voz e contar histórias daqueles que não possuem visibilidade alguma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *